Insights: Qual é a sua Desculpa?

O meu insight de hoje, na verdade não é de hoje, não. Vem de algum tempo já.
Se você não conhece o Roberto Shinyashiki, corre pra conhecer. Pois ele é um cara que sabe das coisas. Existem vários livros dele publicados, e eu já li todos (Com uma grande contribuição da minha irmã Raquel, que é a dona da maioria). Então um dia eu me deparei com uma frase do “Beto” (pego intimidade rápido), que mudaria muita coisa:

” Quem quer fazer alguma coisa, encontra um meio. Quem não quer fazer nada, encontra uma desculpa.”

Opa, peraí. Isso muda muita coisa! Eu queria sair correndo e beijar a testa do Beto, queria tatuar isso na cara (Ainda bem que idéias assim passam rápido). Na hora foi uma combustão de pensamentos e sentimentos. Cara, como não pensei isso antes! Uow! Eu comecei a me sentir mais ou menos assim ó.

Já reparou que quando a gente quer muito alguma coisa a gente não mede esforços para conseguir? (Tô sabendo, o SWU foi bem legal!). Pois bem, funciona da mesma forma para as outras pessoas, quando elas querem algo, certamente vão fazer algo para conseguir. Se o celular acabou a bateria, pega o do amigo, troca o chip, corre atrás de um carregador, tudo para fazer aquela ligação importante (Sim, a ligação é o que a pessoa quer fazer). Quando seu amigo te chama pra sair e você diz: “Tô sem grana, fica pra próxima”, então ele te diz: “Cara, eu pago, depois você me dá” (Sim, é a sua companhia que ele quer). Resumindo, quando a gente realmente quer algo, independente do que seja, do trabalho que vai dar, dos caminhos que vamos ter que pecorrer, quando queremos vamos atrás. Damos um jeito, encontramos uma saída, uma solução.

Isso é uma lição importante, comece a perceber quais são os seus esforços para conseguir algo, para manter algo e até mesmo conquistar. Esse vai ser um medidor importante para você começar a entender o que realmente quer. Utilize como uma antena também, não banque o chato! Quem quer, dá um jeito e se não estão dando, já sabe, né?

Desculpas, quem não tem uma? Eu tô cheia delas (Uhum, tô sabendo!). Tem gente que vive no mundo das desculpas! Nunca pode por algum motivo, alguns mirabolantes outros bem bobos na verdade (Eu diria idiotas). Sempre tem aquela coisa, né? “Não posso fazer faculdade agora, estou sem grana” ou então “Hoje não dá. Vou dar banho no meu gato”. Acho que a proporção de desculpas é bem maior do que a de “vou dar um jeito”. E isso realmente está errado (é mais que errado, cara!), pois elas te paralisam em uma coisa estranha de “ah, eu queria mas…”. E quando você repara já se passou anos e nada de “encontrar um meio”.

Pegue isso como uma lição, se você é cheio de desculpas, será que você realmente quer aquilo? Se alguém vive cheio de desculpas com você, será mesmo que vale a pena insistir? Afinal de contas, perceber se você está “encontrando um meio” ou “arrumando desculpas” é uma forma de se conhecer melhor, e entender o que as pessoas ao seu redor estão te dizendo. Claro, tudo com moderação. Afinal, extremos não são a melhor saída. Saiba balancear a sua visão de “um jeito” e “uma desculpa”, tanto pra você quanto para as pessoas.

Difícil, né? Eu sei! Dá uma confusão danada, mas passa, pode confiar!
E aí um jeito ou uma desculpa?

Anúncios

5 respostas em “Insights: Qual é a sua Desculpa?

  1. Acho muito válido o questionamento pessoal “Que tipos de desculpas eu dou para mim e para os outros?” porem existe uma praticidade pessoal existente em todos nós que nos faz querer enxergar tudo a nossa maneira, tudo do jeito mais fácil ou tudo para nos sentirmos melhores do que as outras pessoas, quantas vezes você mesma não se viu dando alguma desculpa para algo que você queria, mas naquele momento você não estava mais afim por qualquer outro motivo!!!??? o que depois de um tempo faz com que você tenha péssimos julgamentos, porque sempre vai ver um lado da coisa, o lado que é comodo para você!!! a questão é aprender a ver os dois lados, Quantas vezes nos perdemos algo que é de nosso interesse, porque estamos no meio de outro interesse, quantas vezes pensam que estamos dando uma desculpa apenas por que você está correndo atras de outro ideal que é mais importante no momento!!! se sempre pensarmos dessa forma egoísta e igualitária todos nós acharemos que todos nos dão desculpas a todo momento, que nunca chegaremos ha lugar nenhum porque sempre teremos uma desculpa, ter em mente que não é fisicamente possível fazermos tudo o que queremos e ou precisamos ao mesmo tempo, oque nos obriga a nos dar uma desculpa nem que seja para nos mesmos!

    A questão é não se ver extremista nessa ótima frase!!! pq ela tem suas falhas como todas outras!!!

  2. Bia, boa noite,

    Nossa eu já me questionei nesse assunto, já dei muitas desculpas para me livrar de coisas prosperas que ajudariam em minha vida.
    Mas hoje em dia isso mudou bastante, tenho a consciência que quando corremos atrás conseguimos tudo o que queremos, o valor da conquista é único, gratificante.
    O fato de darmos desculpas demasiadas, significa que paramos no tempo em relação ao mundo a nossa volta e a nós mesmos.

    Um ótimo texto.
    Tenha um ótimo domingo, um grande beijo.

  3. Olá Beatriz
    Belíssima reflexão! É exatamente assim, as pessoas não gostam de dizer: Não estou afim! Inventam uma justificativa pra ficar mais bonito na foto. Mesmo que não haja condições de fazer uma coisa, as pessoas se “fazem cargo” conseguem uma outra pessoa pra faze-lo.
    Alias eu também adoraria tatuar isso na minha testa, é uma dos ditados que mais gosto, ehehe
    abração!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s