Dicas & Afins: As cinco pessoas que você encontra no céu

Em uma época da minha vida, meus dias estavam cinzas e nada estava dando muito certo. Então a minha irmã Raquel disse: “Vou te emprestar um livro, mas você tem que ler”. O livro era: As cinco pessoas que você encontra no céu (Mitch Albom). Eu pensei: “Nossa deve ser muito besta, mas vou ler”. Eu li o livro em duas noites de insonia. (Tem o livro e tem o filme, eu li/vi dos dois).

“…que cada vida afeta a outra, e a outra afeta a seguinte, e que o mundo está cheio de histórias, mas todas as histórias são uma só.”

trecho do livro As cinco pessoas que você encontra no céu (Mitch Albom)

Eddie é um veterano de guerra de cabelos grisalhos, prisioneiro de uma vida inexpressiva de mecânico de brinquedos em um parque de diversões à beira-mar.

Assim como o parque passou por transformações ao longo dos anos – do Trem Fantasma ao Toboágua -, a vida de Eddie também mudou, de uma juventude otimista a uma velhice amargurada. Seus dias são feitos de uma monótona rotina de trabalho, solidão e arrependimento.

Até que no dia do seu aniversário de 83 anos, Eddie morre num acidente trágico, tentando salvar uma menina de um carro que despenca da torre. Em seu suspiro final, ele sente duas mãozinhas nas suas – e nada mais. Acorda já na outra vida, onde aprende que o céu não é um Jardim das Delícias, mas um lugar onde nossa vida na Terra nos é explicada por cinco pessoas que dela tomaram parte.

Entes queridos, conhecidos ou estranhos, cada um desses personagens está, de alguma forma, ligado a acontecimentos que a influenciaram para sempre.

Uma a uma, as cinco pessoas vão esclarecendo as conexões ocultas da vida de Eddie. À medida que a história evolui para a sua surpreendente conclusão, Eddie busca desesperadamente a redenção no último ato de sua vida, cujo resultado ele ainda desconhece: terá sido um sucesso heróico ou um retumbante fracasso?

A resposta, surgida da mais improvável das fontes, é, tanto quanto o próprio céu, um vislumbre de inspiração divina.

O livro e o filme são complementares, claro que o livro te dá a magia de imaginar (Ainda mais o homem azul), mas o filme realiza a sua imaginação. É uma historia linda, que realmente faz a gente pensar na vida, nas pessoas que conhecemos e como elas entram na nossas vidas. Cada coisa tem o seu significado e tudo tem uma sincronia perfeita.

O livro e o filme, tem um final encantador, lindo, profundo e extramente emotivo, eu fiquei durante muito tempo refletindo sobre ambos (Eu vi o filme anos depois), é algo que vale a pena para para ler ou assistir.

Anúncios

Uma resposta em “Dicas & Afins: As cinco pessoas que você encontra no céu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s