Insights: Programados para copiar e colar.

Você já se perguntou como podemos mudar uma nação? O que efetivamente pode mudar o futuro de um país? Acredito que todos nós temos essas questões e diversas respostas. Mas será que sabemos responder essa questão de verdade

educaoPois é, o conhecimento é como uma arma. Ele liberta e dá ao povo o total controle de seu governo e país. Mas isso parece mais um assunto chato de politica, né? Não, não é. Isso é o que você foi ensinado a pensar. Isso e mais um quilhão de coisas.

Quando nascemos, a nossa primeira sociedade é a nossa família  Ela que irá nos ensinar como comer, nos vestir, praticar a higiene pessoal, falar, andar. Irá nos dar uma noção básica de como se comportar em diversos ambientes e claro, a boa educação. A nossa segunda sociedade é a escola. O nosso primeiro dia na pré escola. Quem lembra? Tão traumático para os pais, e tão feliz para as crianças que encontram pessoinhas do mesmo tamanho! Amigos! Hora de brincar com os amiguinhos. E já estamos em duas sociedades, com tão pouca idade.
Na escola aprendemos tantas coisas. Não só a ler e escrever. Mas aprendemos a conviver com outras pessoas. Aprendemos como é ruim ser alvo de risada da turma. De como é ruim passar vontade de comer algo. Do sentimento estranho que nasce na gente ao ver o coleguinha com algo que tanto desejamos. Uma explosão de sentimentos e de aprendizados  Vemos outras pessoas, diferentes do que estamos acostumados a ver. Temos a chance de ter o nosso primeiro contato com o mundo. Alguns de nós temos lembranças boas, outras nem tanto. Aprendemos o que é se inserir em um grupo, o que é ser legal e ser popular. A olhar a grama do vizinho.

Pois é, a escola é muito mais do que um sistema educacional, é o nosso primeiro passo para a sociedade. E ela vai ajudar na construção da outra parte que temos em nós: um cidadão. Complicado, né? É talvez você nem imagine o quanto isso é fundamental.

educacao021Há pouco tempo tive a oportunidade de estudar a história da educação no Brasil, e fiquei de boca aberta. Houveram pouquíssimas mudanças do período colonial até hoje, sim, até hoje 2013. Passamos por períodos de mudanças, porém se estudados à fundo, podemos observar que não foi assim, tão revolucionário. Período Colonial, Família Real, Império, Primeira República, Era Vargas, Populismo, Regime Militar, Retomada democrática. É o que podemos chamar de “fases” da educação no Brasil. E sabe que você procurando e tentando entender mais sobre cada fase, vamos perceber o quando isso foi alterado e claro, perdemos muito. Quando o regime militar entrou, foram tirada matérias da grade escolar como: Sociologia, Antropologia e Filosofia. Meio obvio, não? Ah, sim e a literatura também foi retirada da nossa grade escolar. 

Hoje em dia, tanto em escolas particulares, quanto públicas o método de ensino se repete: Copia e cola. Sim, copiamos da lousa, do slide, de qualquer lugar e colamos nos cadernos e livros. Quando vamos responder um questionário na escola, é incrível como a pergunta nos leva ao um trecho do texto a ser estudado pronto para ser copiado e colado. 
Aprendemos isso por mais de 10 anos nas escolas: Copia e cola. É muito raro as crianças e adolescentes serem incentivados à ler algo e fazer uma resenha critica daquilo que está sendo ensinado. Não somos motivamos ao pensamento e ao questionamento. Quantas vezes você se calou na sala, por ter vergonha de perguntar algo? Quantas vezes você leu um texto e não fazia a menor ideia do que ele estava dizendo?

Sem contar que ler um texto muito grande dá uma preguiça danada! E interpretar então, nossa que saco! É muito mais fácil procurar no google e colar.

Pois é, somos condicionados a apenas reproduzir, sem ao menos, ter qualquer tipo de questionamento ou pensamento sobre o que estamos reproduzindo. E assim vamos fazendo com todas às áreas da vida. Reproduzindo, sem pensar. Copiando e colando. Não temos o menor incentivo de analisar e ter uma opinião própria sobre algo. Ela sempre será reprodução de algo, ou alguém.

E isso custa muito caro, custa o futuro de um país. Uma sociedade que não é ensinada a ter pensamento próprio e questionamentos, é muito mais fácil de ser controlada pelo seu governo, afinal só irão reproduzir aquilo que for apresentado para eles. E então temos vários momentos que somos surpreendidos por erros grotescos de profissionais, corrupção na politica, pessoas passando fome, jovens sendo assassinados e todos os problemas sociais que conhecemos de cabo à rabo.

Infelizmente, você (assim como eu), foi condicionado, ensinado, bombardeado a apenas copiar e colar algo. Sem antes analisar, pensar e questionar. E isso é cada vez mais comum. E quem toma a postura de perguntar um pouco mais é visto como o chato. Mas será mesmo que querer ter conhecimento, entender o funcionamento das coisas, e saber como proceder em diversas situações é chato?
Pois é, não dá pra voltar no tempo, mas dá para mudar a postura e atitude. E começar a entender e perguntar mais sobre o que está recebendo de informação e o que estão te dizendo. Só assim você não será mais uma ferramenta de reprodução e sim uma ferramenta de revolução e transformação.

Acredito que talvez, se você for se perguntar: “Será que eu estou copiando e colando, ou isso é meu mesmo?” irá se surpreender com a resposta.

Anúncios

2 respostas em “Insights: Programados para copiar e colar.

  1. Pingback: Dicas & Afins: Dicas de Português |

  2. Pingback: Insight: Critique, também está na moda. |

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s